Vi no cinema: Logan

Assisti ao filme que teoricamente encerra a participação de Hugh Jackman no papel do “baixinho” invocado que é o melhor no que faz! Ao sair do cinema, me bateu uma vontade imensa de escrever alguma coisa sobre a experiência. Não sou crítico de cinema e nem tenho a pretensão de tornar estas linhas uma resenha do filme. No meu tempo, isso que estou fazendo aqui na forma de texto, era feito pessoalmente entre amigos ao pé da calçada. Em suma, vamos jogar um pouco de conversa fora sobre o filme Logan!

loganposter2

Que o filme é muito bom, você já deve ter ouvido em algum lugar. Então não vou chover no molhado! O que vou falar são das referências que vieram à minha mente enquanto assistia. Além da óbvia referência à HQ “O Velho Logan”, o filme tem algumas cenas que lembram muito Mad Max (os filmes antigos). Tanto que na hora “gritei mentalmente” BARALHO, É O MAD MAX DO WOLVERINE! Só faltou aquela música (meio ópera) alucinante pra deixar a sequência ainda mais emocionante. Então corre e vai atrás da trilogia Mad Max com o Mel Gibson. Deixa a Fúria de lado…

3krcvyf

Outra referência foi o grupo de vilões Carniceiros. Nas HQs, esse grupo é formado por diversos vilões que foram, em algum momento ou outro, humilhados pelos X-men e depois acabaram se reunindo. Temos aí o líder Donald Pierce, ex-Clube do Inferno; a terrível Lady Letal, inimiga ferrenha do Wolverine; os capangas Reese, Cole e Macon, também ex-Clube do Inferno; e os ciborgues Lindinho, Racha-Crânio e Esmaga-Ossos, membros “fundadores” dos Carniceiros!

reavers

O grupo inicia uma caçada sem precedentes aos X-men. Mas como os heróis mutantes estavam “desaparecidos” na época, sobrou para o Wolverine. É aqui que entra a próxima referência: a sensacional HQ “Devaneios Febris”, publicada no Brasil em X-men #53 (formatinho da Abril) e que mostra o Logan capturado e torturado pelos Carniceiros. Ele só consegue fugir no final com a ajuda da Jubileu, o que dá início na edição seguinte a uma caçada alucinante!

xmen-53

Para finalizar, uma última referência que me ocorreu foi a fase “Caolho” do Wolverine em Madripoor. Muita gente está torcendo o nariz pela ausência do uniforme. Eu mesmo gostaria de ver um filme dos X-men em que os produtores finalmente abraçassem essa “causa”. Mas é inegável que uma das melhores fases do Wolverine é justamente a que não tem um pingo de amarelo, laranja ou marrom em seu figurino. Tudo bem! Tem um uniforme azul que aparece de vez em quando! Mas o bacana das histórias do “Caolho” era justamente mostrar esse lado mundano e menos fantástico do Wolverine, mesmo que tivesse alguns vilões bem esquisitos!

wolverine-06

Agradecimento ao pessoal do Guia dos Quadrinhos, de onde peguei as capas restauradas aqui publicadas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s